Logo_Abrapec2022.png

Fevereiro Laranja: mês de conscientização ao tratamento da leucemia !


Neste mês, é realizada a campanha Fevereiro Laranja, que tem o propósito de conscientizar as pessoas sobre o diagnóstico precoce e tratamento da leucemia.


De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (InCA), para cada ano do triênio 2020-2022 devem ser diagnosticados, no Brasil, mais de 10 mil casos novos.


A Leucemia é um tipo de câncer que causa o crescimento acelerado e anormal nas células do sangue, responsáveis pela defesa do organismo, os leucócitos.


A doença ocupa a nona posição nos tipos de câncer mais comuns em homens e a 11° em mulheres.


A leucemia é um câncer do sangue que pode surgir em qualquer pessoa, de qualquer idade, e é mais comum em crianças.


Sintomas

Anemia, cansaço e fadiga, queda de imunidade, baixa na contagem de plaquetas, infecção, febre, hematomas e sangramentos espontâneos.


Na suspeita de leucemia, o paciente deverá fazer o exame de sangue e ser encaminhado para o hematologista, médico especialista em doenças do sangue.


Quando identificado e tratado logo no início, as chances de cura podem passar de 80%.


Doação de medula óssea

Fevereiro também é o mês de campanha de doação de medula óssea.


A Medula Óssea é um dos órgãos que podem ser doados em vida, e não compromete a qualidade de vida do doador.

Em consequência da Pandemia pela Covid-19, o número de transplantes de órgãos diminuiu, por isso é fundamental continuarmos a disseminar a necessidade da doação de medula óssea.


Quem pode doar?

Pessoas entre 18 e 55 anos, estar com boas condições de saúde, não ter tido ou estar em tratamento de câncer, doenças no sangue, no sistema imunológico ou ainda doenças infecciosas e se cadastrar num hemocentro.


Ao fazer o cadastro o doador faz a coleta de 5 ml de sangue para testes. Se o sistema nacional encontrar compatibilidade a pessoa é chamada para a doação.


A cor laranja é a escolhida para simbolizar e chamar atenção para a doença e a importância de se tornar um doador de medula óssea.

0 visualização0 comentário