Prevenção do câncer: diretriz da ASCO para prevenção do câncer


Você sabe o que é prevenção primária para o câncer?

Não é exagero dizer que o câncer assusta mais as pessoas do que qualquer outra doença. Para 27% dos brasileiros, esse é o maior medo de suas vidas, segundo a pesquisa realizada pelo Instituto Data Folha.


Não há uma resposta simples para explicar por que desse medo ser tão intenso, mas explica o porquê as buscas na internet sobre como prevenir o aparecimento do câncer são tão grandes.


Para te ajudar, reunimos aqui algumas recomendações do Instituto Nacional de Câncer sobre ações preventivas, além das informações atualizadas, das recomendações da nova diretriz da American Society of Clinical Oncology (ASCO) para a prevenção do câncer.


O que são as diretrizes da ASCO?

Para começar, vamos esclarecer o que são as diretrizes da ASCO e porque elas são importantes.


Desde o início dos anos 1980, o governo norte americano em parceria com instituições como World Cancer Research Fund e American Institute for Cancer Research (WCRF/ AICR), realizam pesquisas e divulgam diretrizes e recomendações de prevenção do câncer com foco no peso, envelhecimento, atividades física, dieta e consumo de álcool.

Após a primeira atualização das diretrizes, a WCRF e AICR ampliaram seus esforços e recomendações, para incluir um projeto de atualização contínua que reporta de forma abrangente uma série de tipos de câncer.


Dessa forma, as pesquisas são frequentemente utilizadas por profissionais da área da saúde. Você dever estar se perguntando, tem como se prevenir do aparecimento do câncer?


Prevenção do Câncer

Prevenção do câncer é a ação tomada para reduzir a chance de contrair a doença. Vale ressaltar que não há como ter 100% de certeza que determinadas ações farão com que as pessoas não desenvolvam câncer.


No entanto, segundo levantamento feito pelo Center For Diseases Control And Prevention (CDC), excluindo-se os cânceres de pele não melanoma, 42% dos tumores malignos e 45% das mortes por câncer foram atribuídos a fatores evitáveis (cigarros, excesso de peso e álcool são as principais causas).


Por isso, a prevenção primária para o câncer está em evitar os principais fatores de risco para a doença tais como não fumar, utilizar protetor solar, manter uma alimentação saudável, evitar o excesso de álcool, vacinar-se, fazer exames regularmente e praticar exercícios.


Todos esses fatores contribuem para reduzir as chances de uma pessoa ter a doença. Ao prevenir a doença, o número de novos casos pode ser reduzido e isso diminuirá consequentemente o número de mortes causadas por câncer.


O câncer não é uma doença única, mas um grupo de doenças relacionadas. Muitos fatores podem aumentar ou diminuir o risco de uma pessoa contrair a doença, como alterações nos genes, estilo de vida e meio ambiente.


Agora que vimos o que é a prevenção primária, que tal conferirmos algumas recomendações do Instituto Nacional de Câncer?

11 recomendações do INCA

1-Não fume!

Essa é a regra mais importante para prevenir o câncer, principalmente os de pulmão, cavidade oral, laringe, faringe e esôfago. Ao fumar, são liberadas no ambiente mais de 4.700 substâncias tóxicas e cancerígenas que são inaladas por fumantes e não fumantes.


2-Alimentação saudável protege contra o câncer

Manter uma alimentação saudável é fundamental para a saúde. A alimentação dever ser variada, equilibrada e saborosa. Com uma ingestão rica em alimentos de origem vegetal como frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijão e outras leguminosas. Evite alimentos ultraprocessados.


3-Evite a ingestão de bebidas alcoólicas

O consumo de bebidas alcoólicas em qualquer quantidade, contribui para o risco de desenvolver câncer. Além disso, combinar bebidas alcoólicas com o tabaco aumenta a possibilidade do surgimento da doença.


4-Evite comer carne processada

Carnes processadas como presunto, salsicha, linguiça, bacon, salame, mortadela, peito de peru podem aumentar a chance de desenvolver câncer. Os conservantes (como os nitritos e nitratos) podem provocar o surgimento de câncer de intestino (cólon e reto) e o sal provocar o de estômago.


5-Mantenha o peso corporal adequado

Manter um peso saudável ao longo da vida é uma das formas mais importantes de se proteger contra o câncer. Por isso, é importante controlar o peso por meio de uma boa alimentação e manter-se ativo. Cerca de um terço de todos os casos de câncer podem ser evitados com alimentação saudável, manutenção de peso corporal adequado e exercícios físicos.


6-Pratique atividades físicas

A atividade física consiste na iniciativa de se movimentar, de acordo com a rotina de cada um. Você pode, por exemplo, caminhar, dançar, trocar o elevador pelas escadas, levar o cachorro para passear, cuidar da casa ou do jardim ou buscar modalidades como a corrida de rua, ginástica, musculação, entre outras. Experimente e ache aquela modalidade que você goste.


7-Amamente

O aleitamento materno é a primeira ação de alimentação saudável. A amamentação exclusiva até os seis meses de vida protege as mães contra o câncer de mama e as crianças contra a obesidade infantil. A partir de então, deve-se complementar a amamentação com outros alimentos saudáveis até os dois anos ou mais.


8-Mulheres entre 25 e 64 anos devem fazer o exame preventivo do câncer do colo do útero a cada três anos.

As alterações das células do útero são descobertas facilmente no exame preventivo (conhecido também como Papanicolau), e são curáveis na quase totalidade dos casos. Por isso, é importante a realização periódica deste exame. Tão importante quanto fazer o exame é saber o resultado e seguir as orientações médicas.


9-Vacine as meninas contra o HPV

O Ministério da Saúde implementou no calendário vacinal, desde 2014, a vacina contra o HPV para meninas de 9 a 14 anos e para meninos de 11 a 14 anos. A vacinação e o exame preventivo (papanicolau) para meninas e mulheres, se complementam como ações de prevenção do câncer do colo do útero. Mesmo as mulheres vacinadas, quando chegarem aos 25 anos, deverão fazer um exame preventivo a cada três anos, pois a vacina não protege contra todos os subtipos do HPV.


10-Vacine contra a hepatite B

O câncer de fígado está relacionado à infecção pelo vírus causador da hepatite B e a vacina é um importante meio de prevenção deste câncer. O Ministério da Saúde disponibiliza nos postos de saúde do País a vacina contra esse vírus para pessoas de todas as idades.


11-Evite a exposição ao sol entre 10 e 16h

Se for inevitável a exposição ao sol durante a jornada de trabalho, use chapéu de aba larga, camisa de manga longa e calça comprida e, se possível, protetor solar, inclusive nos lábios.


As principais mudanças da diretriz do ASCO

A American Society of Clinical Oncology (ASCO), no mês de agosto de 2020, divulgou seu mais recente manual de diretrizes e novas orientações para prevenção ao do câncer.

O documento possui mais de 20 páginas, entre as principais mudanças estão novas recomendações na dieta, consumo de álcool e aumento de atividade física. Confira a seguir!


Atividade física

A nova recomendação é de que adultos precisam fazer exercícios moderados a intensos de 150 a 300 minutos ou 75 a 150 minutos de atividade física intensa por semana.


Cardápio

Antes: era recomendado o consumo de comidas saudáveis e pelo menos 2,5 xícaras de vegetais e frutas a cada dia. Além disso, o indicado era o consumo de grãos integrais em vez de refinados.


Agora

É indicada adoção de cardápios com um número grande de nutrientes e que ajudem a manter o peso corporal saudável;

Uma variação de vegetais, incluindo vegetais verde escuros, vermelho, laranja e vegetais ricos em fibras;

Frutas, especialmente as coloridas;

Grãos integrais.


Consumo de álcool

Com a nova diretriz, o ideal é não consumir álcool e, se optar por ingerir esse tipo de bebida, deve-se seguir a mesma quantidade indicada nos relatórios anteriormente, ou seja, uma bebida por dia para mulheres e duas por dia para homens.


Fonte: Blog Programa FazBem | Conteúdo sobre saúde e bem estar.

12 visualizações0 comentário
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
Segunda a Sexta-feira - Das 8h às 17h
*Algumas unidades possuem horário diferenciado. Consulte na área da Unidade desejada.