Logo-ABRAPEC-18-anos_edited.png

São Paulo – Site dos Jornais de Bairros e Associados destaca: Ong que atende pacientes com câncer...




Ong que atende pacientes com câncer adere à telemedicina


Pacientes em tratamento de câncer e que são assistidos pela ABRAPEC, Associação Brasileira de Assistência às Pessoas com Câncer, estão sendo atendidos sem custo por telemedicina. Em tempos de Covid-19, a ong, que atualmente tem nove unidades, fez uma parceria com a empresa Mymedi, que oferece de maneira gratuita acesso a sua plataforma de teleatendimento para os médicos e pacientes da instituição.


Silma Regina França, coordenadora social da ABRAPEC, explica que os atendimentos estão sendo muito importantes, principalmente nesse momento de pandemia. “A primeira vantagem é que o paciente não precisa se locomover até o consultório. Além disso, com a telemedicina é mais rápido conseguir o atendimento. Nossos pacientes estão se sentindo mais seguros e amparados, pois a dificuldade para passar na consulta médica pelo sistema público é grande”, ressalta.


Em tratamento há sete anos de um câncer de laringe, o aposentado Reinaldo Fantato, 70 anos, realizou uma consulta online com o médico radio-oncologista Paulo Lázaro, que também é médico voluntário da ABRAPEC. A filha Marcela Fantato, que acompanhou a consulta, conta que seu pai aprovou o novo método de atendimento. “Foi excelente. Meu pai gostou bastante e se sentiu apoiado. Além do médico sanar várias dúvidas, pois meu pai estava angustiado com algumas questões, não foi necessário fazer um deslocamento e, com isso, ficou muito mais prático, sem falar da economia. Só temos a agradecer”, finalizou. Fantato ainda afirmou que, após o sucesso da experiência, pretende adotar a teleconsulta no futuro, sempre que possível.


De acordo com o médico Paulo Lázaro, o atendimento feito pela plataforma Mymedi possibilita ainda prescrição eletrônica, tanto de exames como de medicamentos, além armazenar resultados de exames e preencher um prontuário com os dados do paciente. “Fico muito feliz e realizado em poder ajudar um paciente que, muitas vezes, só precisa de uma orientação e de um apoio e que pode muito bem ser feito remotamente, com toda a segurança e conforto, ainda mais agora quando o acesso aos serviços hospitalares está muito difícil”, relata.


A coordenadora social da ABRAPEC salientou que a parceria estabelecida com a Mymedi possibilita que as pessoas em tratamento do câncer que são atendidas pela ong possam ter a chance de um atendimento online de qualidade.

Além de apoio financeiro, a ong ABRAPEC também precisa de voluntários, como enfermeiros e fonoaudiólogos. Para colaborar é só acessar o site www.abrapec.org

7 visualizações0 comentário